domingo, 23 de setembro de 2007

Inveja

Ela queria
Que fosse diferente
Ausência de amizade
Ausência de verdade

Ela queria
Que fosse casual
O fogo na palha
A carne na mão

Ela queria
Que fosse errado
Gozo promíscuo
Suave traição

Ela queria
Se intrometer
Nos constranger
Nos afastar

Ela queria
Poder incomodar
Somos tão superiores
Limpos de coração

Ela queria
O que vamos impedir
Distante do veneno
Eu e Você

2 comentários:

Julianna disse...

Ao Leo... arranha o céu!!! muito bom ver a tradução de sua alma nessas palavras tão verdadeiras e intensas...!!!!
hahahaha
é sério, pow!
bjus!

Julianna disse...

Azul claro!!!
arf!