quarta-feira, 14 de abril de 2010

Sem tempos mortos

Ouvi falar
De Beauvoir !

Viveu em teste
Com um mestre
Sem tempos mortos
Seus caminhos tortos

Como humanos de verdade
Em plena liberdade
Sem egoísmo ou vaidade
Trocando a fraternidade

Seus textos pude ler
Agora preciso aprender
Como assumir
Tudo que eu decidir

2 comentários:

Renata disse...

Não conheço nada dela. Sei que a minha escritora favorita gosta muito - a Martha Medeiros. Adorei a poesia moço. Obrigada pelo carinho de sempre, comigo e com o meu blog. Bjão

Valentin disse...

Ouvi falar em uma pessoa encantadora
Recita poemas, escreve lindos textos
E até distribui pedras preciosas